A Universidade Estadual de Maringá possui um escritório de cooperação internacional ( http://www.eci.uem.br ) que auxilia no intercâmbio de acadêmicos.Veja abaixo alguns depoimentos:
Nome: Rebecca Kemmer
Instituição de Destino / Origem: Universidade de Osnabrück
Depoimento:
Estive na Alemanha de setembro de 2012 a julho de 2013 na cidade de Osnabrück, Alemanha (Universidade de Osnabrück). Estar em contato com um modo de ensinar completamente diferente, além de uma cultura muito rica e com valores distintos dos que tem a nossa me colocava em constante reflexão sobre aculturação, mudanças que devemos fazer em nosso país e aspectos de nossa cultura que devemos manter. Ao mesmo tempo tive acesso aos mais diversos modos de pensar já que conheci pessoas do mundo inteiro. Não há experiência melhor na juventude do que morar fora do seu país por um tempo. Acredito que todos deveriam fazê-lo uma vez.
Nome: Ana Beatriz Ribeiro de Araujo
Instituição de Destino / Origem: Chile
Depoimento:
Sempre tive o sonho de realizar um intercâmbio, tanto para ter um acréscimo em âmbito curricular como pessoal. Decidi fazer o meu intercâmbio para o Chile pela Aiesec e indiscutivelmente foi uma das melhores experiências da minha vida, lá trabalhei voluntariamente por dois meses em uma ONG que cuidava de crianças em risco social, no principio obtive um grande choque de realidade, mas sem dúvidas essa experiência pode me proporcionar um crescimento em termos pessoais e cidadão.
Conhecer novas culturas, novas pessoas, ter contato direto com uma nova língua se tornam os pontos mais estimulantes de realizar um intercâmbio, porque realmente vale a pena.
Nome: Bruno de Lima Aires
Instituição de Destino / Origem: Tunísia
Depoimento:
Escolhi participar de um projeto de trabalho voluntário na Tunísia por 2 meses, onde trabalhei com crianças. Tive a oportunidade de aprender algumas palavras-chave para me comunicar em árabe.
Viver em um país muçulmano não é uma das tarefas mais fáceis, apesar de ser um país menos radical em relação à religião. O choque cultural ainda continua muito grande. Além disso, a Tunísia acaba de passar por uma revolução e mudanças políticas estão acontecendo a todo o momento. Percebi que a maioria das pessoas está contente e orgulhosa, pois se sentem mais livres.
Experiências que tive nesse país me proporcionaram um crescimento pessoal enorme e pude aumentar minha visão de mundo.
Nome: Rubens Brasil Maluf Neto
Instituição de Destino / Origem: Índia
Depoimento:
Quando decidi fazer o meu intercâmbio, optei por fazer a escolha de um país que me proporcionaria uma experiência para quebra de alguns paradigmas, desafiar a minha visão de mundo e me tirar da zona de conforto. Foi nesse contexto que escolhi morar três meses na Índia, trabalhando com crianças carentes, em uma ONG que proporcionava um ensino de qualidade para crianças de 3 a 15 anos de idade. Trabalhei com módulos de educação sobre o conceito de Negócio Social, simulando empreendimentos de Negócios Sociais que se adequassem à realidade indiana e propondo que os adolescentes levassem esse conceito para outras pessoas e aderissem a ideia como uma opção de futuro profissional.
Em contrapartida, vivi uma das experiências mais incríveis e intensas da minha vida.
A todo o momento minhas habilidades pessoais foram testadas e colocadas em prova. Entre muitas competências que desenvolvi e potencializei consigo dar ênfase em três, que foram as mais relevantes durante minha permanência na Índia, ou seja, adaptação, tolerância e capacidade de pensar globalmente.
A capacidade de pensar globalmente foi sendo desenvolvida aos poucos, conforme fui conhecendo o país e as oportunidades que estavam à minha volta, além disso, foi com essa expansão de visão de mundo que consegui identificar o que mais me satisfaz profissionalmente e o que chega mais próxima de ser o meu objetivo de vida, ou seja, a atividade que mais chega perto de me proporcionar uma satisfação plena.
Depois de viver essa aventura, me sinto muito mais preparado como cidadão, capaz de superar qualquer problema e atingir qualquer objetivo. Além disso, sinto que agora tenho um amadurecimento para definir minha missão de vida e, a partir disso, traçar e trilhar o meu caminho.
Nome: Renan Montrezol Rejani
Instituição de Destino / Origem: Universidade de Alicante - Espanha
Depoimento:
A mobilidade acadêmica vai muito além do intercâmbio cultural, a experiência de estudar em uma universidade estrangeira permite ampliar os horizontes sobre a nossa carreira. Em uma universidade internacionalizada, como é o caso da UA (Universidad de Alicante), é possível o network com outros alunos da área, cujas discussões dentro e fora das salas de aula sobre políticas adotadas em seus respectivos países de origem são extremamente enriquecedoras e ultrapassam as barreiras do ambiente acadêmico. Ademais, a possibilidade de cursar disciplinas diferentes das oferecidas por nossa universidade agrega um importante diferencial ao estudante.